Saiba como Bel Pesce pode te ajudar a encontrar sua melhor versão

bel-pesce

(Foto: Divulgação)

Em outubro de 2015, realizei um dos meus maiores sonhos (pessoal e profissional). Conheci, conversei por poucos minutos e assisti a uma palestra da empreendedora e escritora brasileira Bel Pesce.

Tá, mas quem é essa? Bem, Bel Pesce é fundadora da FazINOVA, escola de desenvolvimento de talentos e inovação. Ela é formada em Engenharia Elétrica, Ciências da Computação, Administração, Economia e Matemática (ufa!) pelo Massachusetts Institute of Technology (MIT), um dos mais renomados centro de estudo e pesquisa dos Estados Unidos. Após finalizar a graduação, ela trabalhou no Vale do Silício, na Califórnia (EUA) – região bem conhecida por abrigar as sedes das maiores empresas de tecnologia do mundo. Além disso, em 2014, ela foi eleita uma dos “30 jovens mais promissores do Brasil” pela revista Forbes. (Tá pouco ou quer mais? rs)

Na palestra, Bel destacou a possibilidade de sermos pessoas abertas, como um código. Onde nos integramos com cada situação, pessoa ou algo que acontece em nossas vidas. Além disso, a empreendedora deu dicas para você encontrar a melhor versão de você mesmo/a. Confira:

Tome lições – Saiba tirar lições de cada história, pessoa e/ou experiência que vive. Isso pode te ajudar de alguma forma em outro momento. Já dizia Augusto Cury, “Uma pessoa inteligente aprende com os seus erros, uma pessoa sábia aprende com os erros dos outros”.

Saiba ouvir – Não tenha conceitos pré estabelecidos a respeito de determinado assunto ou de uma pessoa. Não se feche ao novo, ao antigo e nem ao que parece ser. Conheça e tire suas próprias conclusões.

“Tenho verdadeira fascinação por entender como diferentes pessoas veem a vida. As variações são estrondosas e podem te mostrar coisas bem poderosas sobre você mesmo”, afirma Bel Pesce.

Ensine e aprenda – Assim como você pode aprender com todos, todos também podem aprender com você de alguma forma. Ninguém é detentor de todo o conhecimento do mundo, mas pode colaborar com algo pequeno, como uma informação ou troca de experiência sobre determinado assunto.

Autoconhecimento gera produtividade –  Você só será capaz de produzir algo, como estudar para uma prova ou terminar um relatório, se saber como você mesmo funciona. Se o horário que você está mais ativo é a noite, se for possível, priorize o estudo e trabalho para a noite. Conheça seu corpo e suas regras, e use isso ao seu favor.

Dois de você em um reality show privado – Pense que exista dois de você: um que vive e o outro que apenas assiste, mas que assiste você mesmo. Você se sentiria bem e feliz ao ver as coisas que faz? Essa é a proposta. Se enxergue como se estivesse do lado de fora e avalie-se sobre sua forma de ser e possíveis comportamentos.

Saiba aonde quer chegar – Usaremos uma analogia, que meu professor (querido Marcos Fernandes) sempre citava em sala, de um trecho do filme “Alice no país das maravilhas”, onde a personagem de Alice se perde no meio da floresta. “Qual caminho devo tomar para sair daqui? Isso depende muito de para onde você quer ir, respondeu o gato. – Não me importo muito para onde, retrucou Alice. E então o gato respondeu: Então não importa o caminho que escolha!”

É bem isso. Trace metas, planos e caminhos para você seguir e use isso para você alcançar seus sonhos. Coloque isso na cabeça, no papel, na cabeceira da cama, em notas autoadesivas (Stickies), assim você nunca esquecerá dos seus próprios projetos. Tenha sempre em mente aonde quer chegar e o que quer conquistar.

Pense em camadas – Para se ter algo ou fazer alguma atividade é preciso ter pensamentos em camadas. Usaremos o exemplo na procura de um emprego: Primeiro é preciso fazer um currículo, depois buscar em jornais e em sites especializados de vagas de emprego na sua área de interesse, após isso o envio. Depois, aguardar a seleção para entrevista. No dia, se arrumar e se preparar psicologicamente. A cada passo que damos na nossa vida é preciso ter esse pensamento. Para que assim, se possa alcançar algo maior.

O bate papo de Bel Pesce ocorreu no dia 20/10 de 2015. O evento aconteceu no SESI Taguatinga, em Brasília, e reuniu mais de mil pessoas. Na ocasião foi lançado o novo livro “A sua melhor versão te leva além” da empreendedora.

22171035589_c971ecb06c_z

(Foto:José Paulo)

Complemente sua leitura com os textos abaixo!

Site Oficial – Bel Pesce

Conheça a história de Bel Pesce: a menina que conquistou o Vale do Silício

Brasileiros fazem fortuna com novas ideias na internet

Inovação e empreendedorismo no Google I/O em Brasília

Google_IO_video_screens_2-1920x1080Os apaixonados por tecnologia, desenvolvedores e curiosos de diversas áreas puderam aprimorar e desfrutar de momentos únicos na capital federal. No final de maio deste ano, aconteceu o Google IO Extended em Brasília.

O evento em si foi incrível e contou com diversas empresas organizadoras super engajadas em promover e discutir “novas ideias” para a cidade. A ação também apresentou novidades da marca Google e das organizações parceiras. Em 3 dias de imersão, os participantes conheceram através de palestras, debates e minicursos diversos temas dentro de economia, inovação, negócios, empreendedorismo e tecnologia.

Ao todo foram mais de 15 convidados locais que brilham na capital, país e no mundo. Dois palestrantes bateram um papo exclusivo para o Coerência Particular. Os empresários Igor Saraiva, da PorQueNão?, e Renato Santos, consultor do Sebrae/DF e do programa “O Aprendiz” da Rede Record.

E você, o que achou do novo formato (texto + vídeo)?

Gostaria de saber sobre outros eventos? Quais? Conta nos comentários 😀

Bate papo com Daniel Zukko, idealizador do #minhabrasília

Dirigindo uma VW Brasília amarela e com uma conversa informal, o jornalista Daniel Zukko vem conquistando seu espaço na WebTV. Com milhares de visualizações em seu canal no Youtube, o #MinhaBrasília é referência em entrevista com várias personalidades, como Rebeca Gusmão, Henrique Chaves, Inri Cristo e até Jair Bolsonaro. O conteúdo dinâmico e de qualidade chama atenção do público fiel. Confira o bate papo:

danielzukko-coerenciaparticular1

Quem é Daniel Zukko? Esta é uma busca constante. Posso ser mais seguro em dizer quem eu quero ser ou mesmo o que eu faço. Quero ser uma pessoa serena e sempre coerente com tudo o que acredito e faço o que amo. Amo meu trabalho, meus amigos, minha cidade e procuro sempre unir tudo isso. O #minhabrasilia é o resultado dessa união.

Definição em uma frase Um apaixonado.

Infância na cidade Ser criança nos anos 80 me parecia mais divertido. A gente era obrigado a inventar grande parte dos passatempos e inventávamos as regras e as soluções. Isso facilita muito na diversão e quase nunca tinha um adulto interferindo. Dezenas de crianças embaixo dos blocos, nos passeios, sempre fora dos apartamentos. Era divertido. Brasília me marcou muito pela ocupação da cidade nessa época. Seja pelos passeios no Parque da Cidade, ou pelas pipas com pipoca na Torre de TV. Lembro com saudade de descer de papelão na grama lateral do Congresso, de andar de carrinho de rolimã e jogar Bets. Brasília ainda tem todos esses espaços, basta que as crianças saiam de dentro de casa e ocupem.

Como surgiu o projeto #MinhaBrasília? O #minhabrasilia é minha declaração de amor à cidade. Sempre trabalhei com produção de TV e filmes e, queria fazer alguma coisa que falasse bem da cidade (além de jornalista, sou turismólogo), mas não queria parecer óbvio como tudo que já tinha visto. Daí, vi uma foto minha com meus irmãos e meu pai na Brasília dele, em 83, em frente ao Congresso. A ideia estava pronta: Uma Brasília, por Brasília, com gente de Brasília, sobre Brasília. Isso foi em 2012. Em Abril de 2013 comprei o carro e o programa estreou em setembro.

DÊ PLAY!  

Jean Wyllys // Letícia Sabatella  // Henrique Chaves

Várias personalidades e artistas já andaram “de carona” na Brasília. Tem alguém que você quer muito que participe? Tem vários! Quero a presidente Dilma Rousseff, Edir Macedo, Zico, Pelé, Galvão Bueno, Silvio Santos … (o Silvio, já pensou!?!)

E o “Embaixo do Bloco”? Como nasceu? O #minhabrasilia Embaixo do Bloco é uma homenagem ao aniversário de Brasília. São 8 episódios até a véspera do grande dia. Pensamos em ter como cenário algo tão brasiliense quanto às próprias ruas da cidade. E nada mais local que ficar embaixo do bloco. O projeto tem feito tanto sucesso que até estamos pensando em continuar.

minhabrasiliacoerenciaparticular

danielzukko-coerenciaparticular2

Quando você percebeu o sucesso dos projetos? Foi imediato? Ainda não percebi! Vi logo nas primeiras edições que muitos amigos e amigos de amigos estavam gostando do formato que foi até um pouco arriscado. Vídeos longos para internet não é muito recomendado, mas o papo é divertido e funciona. Além do público, passamos a ter retornos positivos. Aí, pensamos, deu certo!

Pretende criar novos projetos? Quais? Pretendo, sempre. Eles surgem do nada, e a ideia é que o #minhabrasilia seja uma referência de amor à cidade. Onde der, a gente vai se meter!

Qual dica você daria para quem pretende quer começar na WebTV A dica não é minha, é dos grandes de verdade, como Felipe Neto, Jacaré Banguela e outros. Que é conteúdo original e de qualidade. Não adianta ir na onda de quem está dando certo e fazer uma versão disso. O que dá mais retorno são as novas ideias, de temas e formatos.

Bem, é isso. Quem você quer que seja o próximo entrevistado? Conte nos comentários. 😀