Jornalismo em luto: Santiago Andrade

Cinegrafista, quase 50 anos de idade, profissional há 30 e morto por “manifestantes” durante cobertura de protesto no Rio de Janeiro.

Ao escolher o curso várias pensamentos passaram por mim até a decisão. O que me influenciou? Reportagens incríveis, inúmeros livros (ficcionais ou não), histórias reais que emocionam. Porém o que levou Vanessa Andrade foi o amor influenciado pelo pai à profissão. Vanessa é filha de Santiago Andrade, o cinegrafista que foi atingido durantes as manifestações no Centro do Rio de Janeiro.

Arte por Celso Mathias em homenagem ao cinegrafista.

Arte por Celso Mathias em homenagem ao cinegrafista.

Entenda o caso

Santiago foi atingido por um rojão pirotécnico na quinta-feira (6) durante a cobertura das manifestações contra o aumento da passagem de ônibus na Central do Brasil, Rio de Janeiro.

“Experiente, Santiago trabalhava havia 10 anos na Band, onde participou de diversas reportagens sobre as dificuldades enfrentadas pelos usuários de transporte público na cidade. A cobertura jornalística do tema – que motivou o início dos protestos no Rio em 2013, após o anúncio do reajuste da tarifa de ônibus – lhe rendeu dois prêmios jornalísticos de Mobilidade Urbana, em 2010 e 2012, ao lado do repórter Alexandre Tortoriello.” Fonte: G1 Rio

▲ O Jornalismo está de luto. ▼

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s